Segunda-feira. Gratidão.

Segunda-feira
7h: toca o despertador. Uma manobra inexplicável na tentativa de desligá-lo e você cai. Cai, literalmente, da cama.
9h50: uma valeta mal-encarada no meio do caminho. No meio da chuva. Pneu furado.
22h: o dedinho do pé misteriosamente encontra a quina do móvel.
Segunda-feira
7h10: zero sinal de osteoporose no quadril, apesar da dor.
9h55: duas almas boas trocam o pneu e ainda anunciam uma borracharia a duas quadras de distância.
22h05: ossos firmes e fortes, sem sombra de dúvida.
Segunda-feira
Gratidão.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s