Chuva. Observação. Gratidão.

Que dia difícil. Era o que eu normalmente diria. Mas hoje o discurso se transformou. Foram algumas horas de espera até chegar em casa em meio a uma São Paulo alagada. Algumas horas de observação. Observação de um obeso constrangido dentro de uma padaria lotada sem saber como se sentar ali. Observação de uma mãe e sua filha. Ambas ensopadas. A filha dentro de um carrinho com semblante de desolação. A mãe estampando a aflição por não poder melhorar em nada aquele momento. Observação de um deficiente físico caminhando por uma calçada íngreme, quebrada, molhada, escorregadia. Não, meu dia não foi difícil. Eu pude observar. Observação humana. Dolorida. Cheia de empatia. Sou grata.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s