Extraordinário (R. J. Palacio, Editora Intrínseca)

Tempo de leitura: três noites (cerca de 1 hora por noite)
Lágrimas derramadas: até Deus perdeu as contas
Satisfação: ao infinito e além (frase copiada, sim, de Buzz Lightyear, Toy Story)

Pensei muito sobre o que escreveria aqui depois da leitura de Extraordinário. Tanto que passei duas resenhas na frente dele – me envolvi com Auggie em alma, lágrimas e sentimentos difíceis de traduzir há mais de um mês.

Recebi Extraordinário no lançamento do livro, lá em 2013, na campanha de divulgação da Editora Intrínseca. Não sei por que motivo não tive interesse em lê-lo imediatamente – que falta de sensibilidade minha na avaliação de anos atrás!

É muito difícil traduzir em palavras tudo o que se passou pela minha cabeça (e organismo) enquanto acompanhava a história que R. J. Palacio construiu para Auggie (estou aqui escrevendo e chorando e rindo – e tudo o que cada página me trouxe, a cada frase, volta de forma orgânica, da boca do estômago à garganta).

O filme está aí para quem quiser conferir – e eu ainda quero! Espero que seja ao menos 10% tão maravilhoso quanto o livro é. Extraordinário deveria ser leitura obrigatória em todas as escolas e famílias. E é isso o melhor que posso dizer para traduzir o que esse livro significou para mim: leia. Leia e repasse. Leia e recomende. Leia e leve Auggie a todos que você puder.

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s