Harry Potter e a pedra filosofal – Versão ilustrada (J.K. Rowling, Editora Rocco)

Você deve estar se perguntando por que eu, de repente, resolvi escrever sobre um livro que muita gente já leu há bastante tempo (nem a versão ilustrada da primeira história de Harry Potter é tão nova assim – o segundo livro da saga, A câmara secreta, também já chegou ilustrado às livrarias).

Acontece que reli Harry Potter e a pedra filosofal há pouquíssimos dias, como atividade para um curso de escrita que estou fazendo. E, apesar de não eu ser do tipo que gosta de leituras repetidas (sempre acho mais legal conhecer algo novo), percebi que essa experiência pode ser até necessária.

Fui levada para lugares da história que passaram sem receber muita importância na primeira leitura. Por exemplo: diferentemente do que eu tinha em mente, Rony e Hermione dão, sim, desde o primeiro livro, indícios de que existe algo além do que uma amizade ali – também não me lembrava de que o Harry achou a garota bem chata nos primeiros encontros em Hogwarts.

Mas uma segunda leitura nos obriga a ser mais críticos. Estou chocada com o quanto a tradução de Potter para o português, ao menos em A pedra filosofal, é ruim, cheia de palavras que nem adultos usam no dia a dia. A Rocco poderia rever isso!

E não se pode deixar de comentar: as ilustrações são maravilhosas. Todo potterhead precisa ter um desses na estante!

 

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s