Rita Lee – Uma autobiografia (Rita Lee, Globo Livros)

Muita gente criticou o livro autobiográfico da Rita Lee. Mas ele é exatamente o que se propõe a ser: uma autobiografia com todos os incômodos que ela pode causar. Sim, falta fluidez na leitura – afinal, Rita é uma cantora e não uma escritora profissional ou jornalista. Sim, as histórias são contadas unicamente pelo ponto de vista dela – e selecionadas conforme a autora, dona da vida contada ali, bem entendeu.

Meu maior incômodo foi com a falta de datas para dar uma certa cronologia a cada momento. Diversas vezes me perdi entre as décadas de 1970, 1980 e 1990. Mas não dá para dizer que é um livro ruim.

Ao final, depois de tantas internações por dependência química e acidentes bizarros, a pergunta que ficou para mim foi: como Rita Lee sobreviveu? E uma constatação: que ótimo que ela sobreviveu para contar a própria história! Espero, Rita, que, em breve, você possa lançar uma nova edição de sua autobiografia com a permissão legal para relatar a história da prisão que aconteceu em 2012.

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s