Um menino chamado Vlado (Marcia Camargos, Instituto Vladimir Herzog)

Você, adulto, tendo vivido ou não na época da ditadura militar brasileira, sabe, ao menos vagamente, quem foi Vladimir Herzog (se não sabe, dê um Google! Conhecimento geral da história do próprio país é essencial). Mas de que forma apresentar uma figura como Herzog para um jovem? Apesar de essencial para o início da formação de um brasileiro consciente, a tarefa não é nada fácil de executar.

Marcia Camargos, ao lado Instituto Vladimir Herzog, encontrou o caminho: traduzir a história de Vlado em um livro que flui facilmente. A fórmula bem-sucedida inclui um garoto e uma tarefa para a escola, sobre o golpe de 1964, a ser feita. Felipe, o estudante, não sabe nem por onde começar. É aí que o pai dele tem uma ideia genial: apresentar os fatos para o menino usando a trajetória de Herzog. Bem mais interessante do que, de cara, fazer o filho encarar nomes como João Goulart e Castello Branco, entre tantos outros.

Pronto, basta você ajudar seu jovem filho a ler Um menino chamado Vlado e já teremos ao menos um bom início de formação para essa pessoa que está se construindo, dia a dia, na sua frente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s