Fábulas por telefone (Gianni Rodari, WMF Martins Fontes)

“Mas o barbeiro estava enganado: tinha pagado muito caro por ela. Porque toda criança que vem a este mundo tem o mundo inteiro ao seu dispor e não precisa pagar nem um centavo por ele; basta arregaçar as mangas, estender as mãos e apanhá-lo”.

Esta frase de Gianni Rodari (ao final de um conto sobre um barbeiro que acreditava ter comprado a cidade de Estocolmo em uma barganha) é uma pequeníssima amostra da genialidade desse italiano, premiado em 1970 com o Prêmio Hans Christian Andersen.

Ainda estou lendo Fábulas por telefone, livro recheado de histórias curtas para crianças – a obra começa explicando que um pai, por ficar a semana toda trabalhando longe de casa, encontrou nas pequenas aventuras contadas por telefone uma forma de atender ao pedido da filha por uma história toda noite. Parece que nem foi tão difícil assim encontrar os assuntos – ao menos para Rodari!

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s